PROTEÍNA-C REATIVA ELISA

Proteína-C Reativa (PCR) é um marcador de resposta de fase aguda onde os níveis séricos de PCR aumentam rapidamente após dano tecidual, infecção ou outros processos inflamatórios. A PCR é produzida pelo fígado e esta normalmente presente em níveis muito baixos. Após trauma agudo ou infecção, a PCR é rapidamente sintetizada pelos hepatócitos em resposta a liberação de citoquínas na circulação pela ativação dos leucócitos. Esta resposta aguda dependente da inflamação pode elevar os níveis de PCR sérico em 1000 vezes ou mais.  
Dosagens quantitativas de PCR no soro têm sido úteis na avaliação de diversas condições tais como, infarto do miocárdio, infecção bacteriana, artrite reumatóide, inflamações intestinais, apendicite aguda e aterosclerose. Adicionalmente, pesquisas recentes descobriram que o nível de PCR é um fator preditivo para eventos cardiovasculares e doenças vasculares periféricas.

A Genese distribui com exclusividade o kit DSL-10-42100 Proteína-C Reativa Ultra-Sensível ensaio ELISA para a dosagem quantitativa in vitro de PCR em soro humano.

Ensaio Altamente Específico de Dois-Sítios:

  • Dosagem confiável de PCR
  • Reatividade cruzada não detectável com Albumina Bovina, Insulina Humana, Gonadotrofina Coriônica humana e Albumina Humana.

Calibração Precisa:

  • Os padrões do PCR ELISA DSL estão calibrados pelo WHO 1º Reagente de Referencia Internacional para PCR (Código 85/506).

 

Pequeno Volume de Amostra:

  • Apenas 10μL de soro diluído.

 

 

  • Resultados em 1 hora
  • Ensaio Simples Não-Isotópico
  • Facilmente Automatizado

 

 

Intervalo dos Padrões:

  • 6 padrões
  • 0, 10-500 ng/mL

 

Sensibilidade:

  • 1.6 ng/mL

Por: Sônia M.M.Fleira

Assessoria Científica

Fonte: DSL